Bravo!Trader

Para Investidores e Empreendedores

Os setores de turismo e aviação estão preocupados com a velocidade do governo em definir o modelo para legitimar o certificado da vacina dos brasileiros em viagens ao exterior quando as fronteiras abrirem. O receio é que, além da demora na imunização, o mercado se prejudique também pelo atraso na burocracia do atestado. O alerta se soma aos sinais negativos enviados pela Comissão Europeia aos turistas brasileiros com as novas orientações de reabertura nesta segunda (3).

Procurado pelo Painel S.A., o Ministério da Saúde diz que o Certificado Nacional de Vacinação para a Covid está no aplicativo Conecte SUS Cidadão, com dados do imunizante recebido, local, data e código do vacinador. A pasta afirma que ainda está em discussão na OMS a emissão e padronização de um certificado de imunização com validade internacional.

com Mariana Grazini e Andressa Motter